domingo, 17 de fevereiro de 2013

UM DIA FELIZ




                                   


Quando  a cândida magia
De brilhantes arrebóis
Banha a terra de ternura,
Sinto o mundo acalentar
Transcendentes bênçãos divinais!

Com o coração em prece,
Absorto na íris de um realengo,
Contemplo o céu em festa
Refletido no sol poente,

O meu ser esmaecido
Capta em radiograma a alquimia
Do vento brando que passa
Disseminando alegrias!

Até que a noite feliz,
Ostentando o seu fascínio,
Surge lúdica, suave e lene,
Coroando o dia findo
Em carrosséis de diademas.


Autoria:  Antenor Rosalino

Imagem da Internet


2 comentários:

  1. Adorável Antenor: Que Acordem Todos Dias Felizes Em Suas Semanas Querido! Alague Seu Coração de Imensas Esperanças. Além do Que A Felicidade´, Nada Mais É, do Que Um Estado De Espírito! Fascinantes e Floridos Serão Teus Dias. Precisa Ser Mais Feliz do Que Escrever Tão Intensa Poesia, sob versos de Magia e Sabedoria. És Mestre Amado! És Feliz e isso Me Fascina! E Os Carrosséis Dirigem Seu Estro Poético. Na Candura de Menino Moço, está Toda Legião de Leitores, entre Eles, Eu! Dou-te um Abraço De Longa Ternura e Amor! Farei A Prece Do Amor Eterno, e oferecerei Tal Prece Ao Meu Amado! Beijo com Admiração e Todo Amor Que lhe Tenho. Da Sua eterna Lu, aplausos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha doce e querida Lu, em tuas amáveis palavras encontro lenitivo e o estímulo necessário para continuar com minhas pretensões poéticas.
      Um comentário como este é um presente de valor inimaginável que jamais poderei esquecer, assim como nunca esquecerei a tua constante e doce presença a me incentivar sempre da forma mais amável possível.
      O teu abraço é a minha paz e retribuo imensamente agradecido. Com a mesma amorosidade e alegria no coração receba um faustoso beijo do teu eterno Antenor.

      Excluir