sábado, 13 de abril de 2013

A TUA COMPANHIA




                        
        


Pelos mares do tempo seguimos as nossas vidas,
Lado a lado, versejando a felicidade deste amor
Tão sublime, presente e atual,
Que sobrevive a tantos revezes,
Mas, transcendendo a tudo se faz imortal!

Tenho a alma agradecida e plena
Pela tua amorável e doce companhia,
Acalorando sempre mais
O meu coração que esmaece em sonhos
Em noites brandas ou de ventanias.

Não busco razões para as emoções.
Deixo fluir o amor no traçado dos sonhos...
Tomo a sua cálida mão e seguimos
Sempre em frente neste encanto atemporal,
Sem nunca chegar ao final.

Em teus lábios orvalhados
Entre o chão e estrelas rútilas,
Ouço sussurros de carícias
Que me fazem renascer a cada dia
Nas asas livres e leves da mais pura poesia.


Autoria:  Antenor Rosalino

Imagem da Internet


Um comentário:

  1. Amado Escritor e Poeta Antenor: Nesse silêncio formativo, vejo todo instrutivo, sob versos elaborados, num propósito corajoso e brilhante. Antenor, tua poesia é escudo para desilusão, é broquel de amor sem divisão! Posso ler a tua alma, cercada por toda a beleza desse Universo. Divida comigo, pois, que minhas noite - insólita - clamam pela beleza de tua escrita e se derrama em sorrisos, quando, de tua chegada. Ficarei plena de Ti, e te deixo meu beijo saudoso, de amor. Da sua eterna Luiza.

    ResponderExcluir