sábado, 8 de dezembro de 2012

Meu amor!





Deixa as ondas do vento, tocar-te com mansos uivos,
e cobrir os teus encantos com o azul manto da lua!

Deixa os mistérios marinhos, de praias distantes, desertas,
banhar tua pele morena, com verdes águas serenas!

Deixa o amor levar-te ao horizonte infinito, onde
a verdadeira vida sem vestígios de perfídias,
faz seu rito de alegria.

Deixa os teus pensamentos mais puros, espraiarem
lampejos divinos em tua mente aberta, num
permanente exercício de lucidez plena e certa.

Deixa os teus cabelos negros, nos teus ombros repousarem,
esvoaçando-se  ao vento e refletir  em fragmentos
a liberdade no ar!

Deixa tuas mechas macias segredarem teus desejos,
e os teus olhos inquietos, aos meus olhos revelarem.
Deixa-me sonhar teu sonho na ternura
do teu leito, para sempre...,  meu amor!


Autoria: Antenor Rosalino

Imagem da Internet



3 comentários:

  1. Sorri vai mentindo a sua dor E ao notar que tu sorris Todo undo irá supor Que és feliz.... Deixo aqui essa linda canção do Nosso Amado Poetinha Vinicius: Toda Pra Meu Amado
    Onde Anda Você

    E por falar em saudade
    Onde anda você
    Onde andam os seus olhos
    Que a gente não vê
    Onde anda esse corpo
    Que me deixou morto
    De tanto prazer

    E por falar em beleza
    Onde anda a canção
    Que se ouvia na noite
    Dos bares de então
    Onde a gente ficava
    Onde a gente se amava
    Em total solidão

    Hoje eu saio na noite vazia
    Numa boemia sem razão de ser
    Na rotina dos bares
    Que apesar dos pesares
    Me trazem você

    E por falar em paixão
    Em razão de viver
    Você bem que podia me aparecer
    Nesses mesmos lugares
    Na noite, nos bares
    Onde anda você"!
    Não me mates de saudades, eis que és felicidade! Eis que é sem maldade irei à Tua Porta fazer Um Verso Dotado De Tanto
    Amor.Beijo amoroso e licoroso, da sua eterna Lu...

    ResponderExcluir
  2. Sorri vai mentindo a sua dor E ao notar que tu sorris Todo undo irá supor Que és feliz.... Deixo aqui essa linda canção do Nosso Amado Poetinha Vinicius: Toda Pra Meu Amado
    Onde Anda Você

    E por falar em saudade
    Onde anda você
    Onde andam os seus olhos
    Que a gente não vê
    Onde anda esse corpo
    Que me deixou morto
    De tanto prazer

    E por falar em beleza
    Onde anda a canção
    Que se ouvia na noite
    Dos bares de então
    Onde a gente ficava
    Onde a gente se amava
    Em total solidão

    Hoje eu saio na noite vazia
    Numa boemia sem razão de ser
    Na rotina dos bares
    Que apesar dos pesares
    Me trazem você

    E por falar em paixão
    Em razão de viver
    Você bem que podia me aparecer
    Nesses mesmos lugares
    Na noite, nos bares
    Onde anda você"!
    Não me mates de saudades, eis que és felicidade! Eis que é sem maldade irei à Tua Porta fazer Um Verso Dotado De Tanto
    Amor.Beijo amoroso e licoroso, da sua eterna Lu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, adorável Luiza, brincar de ser feliz mesmo não sendo, também pode ser considerado um ato de solidariedade, pois não fazemos sofrer quem nos ama. Agradeço-lhe de coração pelo amável comentário e pelo lindíssimo poema/canção de Vinícius. Beijo grande do seu eterno Antenor

      Excluir