sexta-feira, 23 de março de 2018

MINHA DIVA


  Dedico o poema abaixo à exímia e amada poetisa Luiza De Marillac Michel
minha parceira de letras, pelo transcurso do seu aniversário natalício.
  É meu desejo vê-la sempre feliz transbordando sua inspiração tão envolvente e bela quanto o silvo da brisa em florais de janelas.        
     


                                                        MINHA DIVA 

                                  No silêncio da noite enluarada
           A inspiração aflorou-me à mente
                                  E minhas mãos clamaram-me para escrever

                                   Debrucei o meu pensar nostálgico
                                   No teclado um tanto manuseado
                                   E com os olhos marejados de saudade
                                   Fantasiei-me em versos de poeta alado
           
Com o coração revestido em pétalas
Distante da Terra poluída e calcinada
Colho flores em jardins de encanto
Para ofertar à diva da poesia exaltada

Relembrando as emoções vivenciadas
Fulgura com o mesmo elã nosso pacto
Em misteriosa bruma invisível
Fecundando em pérolas nosso laço

Os prazeres segredados em diário
São como estátuas abandonadas ao léu
Mas não volatizam o elo que nos faz unos
No sutil enredo desse partilhar amorável

Nessa noite tudo parece emudecer
Apenas o meu suspiro de amor dança
E galgando os degraus de nossos sonhos
Eu a vejo à luz da lua e do neon das ruas


                   Antenor Rosalino

10 comentários:

  1. Boa tarde. Uma boa homenagem. Adorei. Parabéns...

    Hoje:- Endiabrados, desejos que me atormentam

    Bjos
    Votos de uma boa Sexta-Feira

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, Larissa. Aqui fico sumamente envaidecido pela generosidade do seu comentário. Obrigado e um cordial abraço.

    ResponderExcluir
  3. Meu Adorável Poeta Maior: Antenor Rosalino: Agradeço de forma muito especial, seu parabenizar... O Silêncio do tempo e a vastidão Da Deusa Lua...Debruça o pensar nostálgico do Acadêmico / Escritor / Poeta. Sob olhos marejados, nossos... Revestimos as pétalas sob várias e belas cores... Recebo tuas Flores com coração emotivo demais São prazeres segredados, sob todo nosso Estro Poético. Nada deterá Nossa Unicidade Meu Querido Antenor! Sob neons das ruas dissipadas entre O Mais Nobre Dos Sentimentos. Receba meu abraço de terníssima gratidão. E Meu Beijo Amoroso.. Da Tua Eterna Luiza

    ResponderExcluir
  4. Adorável Luiza, você merece todas as homenagens em razão dos seus predicados e do seu sublime versejar. Sempre honrado com sua amorável presença em minha vida, renovo os meus parabéns pelo seu aniversário em esperança de vê-la sobejando saúde, num mundo de alegrias e paz, intensamente. Felicidades sempre, minha querida, e que a unicidade de nosso sentir seja sempiterno. Abraço carinhoso e o costumeiro fausto beijo do seu eterno Antenor.

    ResponderExcluir
  5. Antenor,
    que poema belo... Certeza que a musa amou.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleatoriamente, pelo que observei ela gostou muito sim e fico muito feliz por ter conseguido esse feito que tanto me envaidece e honra. Muito obrigado também por sua apreciação. Grande abraço.

      Excluir
  6. Independentemente da publicação, que gostei:
    O Brincando com as palavras DESEJA-VOS: UMA SANTA E FELIZ PÁSCOA, EXTENSIVO AOS VOSSOS FAMILIARES E AMIGOS.
    .
    Bjos com carinho e estima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito lhe agradecemos pela generosidade dos votos, Larissa, e desejamos a você e a todos os seus, igualmente, uma Páscoa abençoada e que recaia sobre vocês toda a alegria do que a vida tem de melhor. Abraços fraternos, amiga.

      Excluir
  7. Inspiração vibrante num ser que é plena poesia e usa essa beleza para homenagear carinhosamente a musa, a qual devota carinho, ternura, amizade e um intenso amor. Lindo o companheirismo literário de vocês.
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Lucia. Dedico à Luiza todos os sentimentos explicitados em teu gentil comentário e te agradeço, penhoradamente, pelo teu presente e sempre valioso incentivo. Grande e fraterno abraço.

      Excluir