sábado, 11 de março de 2017

POLÍTICA VIL








                   O céu cinéreo e tristonho
                   Traz resquícios de tristeza
                   Ao meu coração pranteado
                  Por mazelas e incertezas
                  De um futuro de temor
                  Desprovido de leveza.

                  Não vejo perspectivas
                  Apenas o inóspito
                  Na fluência breve do tempo.
                 Tudo é vil, Intrépido...
                  A política é enfadonha
                 Discursos estrépitos...

                 O plebeu agonizante
                 Já não suporta o castigo
                 E as imposições injustas
                 Por desumanos bandidos
                 Hipócritas e corruptos
                 De estadistas travestidos.

                Que as preces humanitárias
                Possam chegar às alturas
                Do infinito azul do céu
                E se desfaçam clausuras
                Pelo poder sempiterno
                Das vinhas sem angusturas.



Autoria:  Antenor Rosalino

Imagem da internet

  

4 comentários:

  1. Boa noite meu nobre e querido amigo, Antenor.
    Ler-te já é um aprendizado, e um poema com tantas verdades explícitas e de beleza rara. Tomara que a última estrofe seja ouvida, pois estamos mesmo enclausurados temendo a brutal violência.
    Agradeço sua gentil visita à minha humilde página.
    Um fraterno e terno abraço.
    Diná

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Diná. Se ao ler meus escritos você aprende algo, então aprendemos mutuamente, amiga. Muito obrigado por revisitar-me também. Quanto ao contexto, façamos essa corrente positiva para que Deus proteja o nosso país que, como você bem o diz vive sob o temor das injustiças e da violência. Carinhoso abraço com a admiração de sempre

      Excluir
  2. Realmente amigo, esse cenário político nos angustia, nos deixa inseguros e apenas visualizando um futuro negro. Que tua última estrofe seja ouvida e atendida para não passarmos o resto da vida em sofrimentos, devido esses políticos corruptos. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato pelo gentil comentário, Lúcia de Fátima. Infelizmente, o momento presente é mesmo angustiante nesse sentido, razão pela qual, urge uma corrente forte de todos os segmentos sociais no afã de mudarmos esse cenário que atemoriza. Beijo terno e tenha uma ótima semana.

      Excluir