domingo, 25 de fevereiro de 2018

DESPEDIDA


        Dueto "Despedida" com a exímia e querida
poetisa Luiza De Marillac Michel

                                                 
                                        

Não houve lágrimas
Nem soluços súplices
Sufocando nossas ágmas
Foram momentos findos
Sob estrelas tristes
Pairando olhares lindos!
Permeando olores carmim,
Pranto, tu descoloriste
Nosso arrebol carmesim.

      Antenor Rosalno



Sorrisos sobrepostos  em vestes
Soluços de beleza imensurável
Nos brindando Céus Bordados

Estandarte de fartas vitórias
                                   Sob Céu prenho das estrelas
Mérito da esmeralda que te dei

Nos corações de cores carmim
Ciclos findados sob os olores
Retratam Nossos Destinos Amados... 


                                           Luiza De Marillac Michel


16 comentários:

  1. Boa tarde. Como sempre, poemas soberbos. :))

    Hoje, o Gil, devido a compromissos profissionais só poderá estar "presente" mais tarde Mas tem para vos oferecer: - É o teu coração um poema sem rima
    .
    Bjos

    Votos de boa Segunda-Feira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Larissa. É sempre um prazer receber a sua apreciação aos meus duetos com a Luiza, e muito lhe agradecemos. Logo verei o poema do caro Gil que, certamente, trata-se de um pérola poética. Obrigado. Retribuímos os votos com abraços fraternos.

      Excluir
  2. Meu Amado Antenor: Que encanto, sinto ao duetar teus versos, que jamais serão de DESPEDIDA! Teus versos possuem imenso lirismo. São da escola parnasiana! Tocam minha alma e permeiam meu amante coração! Nosso Amor é mais do que transcendental! Que chego a sentir teu olhar a despir meus versos , com toques suaves, de letras douradas. Que Despedida mais encantadora, sob a Seara De Tanta Beleza e Emoções Nossas. Que estejamos sempre Além Da Lira Poética. Meus aplausos, Amado. Receba meu beijo mais do que amoroso. E Um Abraço Apertado, de Gratidão e Admiração Profunda. Da tua eterna diva Luiza. Que Te Ama Além Do Próprio Amor! OBS.: AOS LEITORES TODOS: DESPEDIDA TÃO SOMENTE EM LIRISMO. POIS, QUE Antenor e Luiza, estarão sempre unos, em versos e em todos os seguimentos de nossas vidas!!!!! Antenor Rosalino***** - AL*****

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorável Luiza, Se lhe causa encanto o nosso dueto, imagine o prazer que tenho em ter você, que é a diva da poesia, honrando-me com essa mágica parceria que me seduz. Haveremos de estar sim, querida, sempre além do magneto das escritas onde reluz a sua pena de lirismo que enternece minha alma. Profundamente grato, receba um amorável e caliente abraço, e o costumeiro fausto beijo do seu eterno Antenor.

      Excluir
  3. Majestoso esse dueto, vocês arrasam na inspiração!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre muito gratificante para nós, recebermos os seus incentivadores comentários, caríssima Lucia. Abraços fraternos e muito obrigado, amiga.

      Excluir
  4. Bom dia!! Passando para ver o seu blog e felizmente me deparo com este belo poema, repleto de sentimento e leveza, gostei bastante.
    Tenha uma ótima terça feira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Vanessa. Que bom saber da sua apreciação! A interação com a nobre poetisa Luiza muito me honra. Obrigado e boa semana para você também.

      Excluir
  5. Dois poemas maravilhosos.
    Meus parabéns pela forma sentida e bela com que escrevem.
    Irei começar a Divagar por aqui.
    Um abraço
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos muito felizes com suas palavras elogiosas e de tão valioso incentivo, Maria Rodrigues. Muito obrigado e abraços fraternos meu e da Luiza.

      Excluir
  6. Aos amigos Antenor e Luiza meus aplausos para mais uma obra de arte, como sempre exuberantes e amorosos versos!Ambos sobejam inspiração. Recebam meu terno e carinhoso abraço!
    Diná

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caríssima Alegria de Viver, em meu nome e em nome da Luiza, agradeço-lhe pelo seu eloquente e incentivador comentário que nos deixa muito felizes. Abraços ternos.

      Excluir
  7. Adorável Antenor: Relendo nosso dueto, vejo estandartes de fartas vitórias. Sorrisos que se revelam em vestes vermelhas. Prenha de teus versos... Desnudo minha alma... Para ofertar-te o filho mais sublime: VERSOS DESTINADOS Á SEARA DE NOSSOS ESCRITOS DIVERSOS. Trago-te também um canteiro, coberto de muitas heras. E rosas vermelhas... Adornadas de pingos d'água... Receba meu beijo amoroso... Da Tua Eterna Luiza

    ResponderExcluir
  8. Adorável Luiza, o seu lindo comentário é um poema à parte e muito lhe agradeço por tão valioso incentivo e pelas oferendas que tanto me comovem. Em adornos coloridos da mais pura emoção pela poesia que nos une, receba o costumeiro fausto beijo do seu eterno Antenor.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia!
    Nada acontece por acaso, navegando encontrei seu blog e amei!
    Estou seguindo e com certeza voltarei mais vezes.
    Lhe convido a conhecer os meus, deixarei os links, será um prazer lhe ver seguindo.
    Que o Anjo do Amor preencha teu coração! Que o Anjo da Luz te ilumine espalhando luzes para todos que cruzarem teu caminho.
    Abraços
    da amiga Lourdes Duarte

    https://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
    http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/
    http://lourdesduarteprof.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, professora Lourdes.
      É muito honroso receber o seu gentil comentário e lhe agradeço, em meu nome e também da Luiza, pela apreciação aos nossos versos e pela generosidade dos votos que são recíprocos.
      Será um prazer conhecer os seus blogs pelos quais parabenizamos-lhe de antemão.
      Abraços fraternos.

      Excluir