domingo, 27 de agosto de 2017

EM TUAS ENTRANHAS



                      Resultado de imagem para imagens sensuais


Em nossa intimidade maior,
Os teus lindos olhos translúcidos
Sob o manto carmesim
De nossos desejos mútuos
Fulguram centelhas como pedras cristalinas.

Magnetizado em carícias,
Pela volúpia ardente que se faz em mim,
Esquecido ao nada a um só momento
Absorvo o teu mel ao sopro do vento
Sonhando pétalas..., entrelaçado em ti.

Adentro-me no silêncio
Da tua escandalosa nudez...
E minha alma se revigora
No ardor das tuas entranhas
Nos tentáculos desta hora.

Deixo-te a sensação tácita
De que és verdadeiramente amada,
Sugada como o a flor bela
Em total entrega ao colibri
No cantar alegre do crepúsculo carmesim.



Autoria:  Antenor Rosalino

Imagem da internet


6 comentários:

  1. Uauuuu que lindo! Estive ausente de tudo, mas retorno e me deparo com essa poesia que encanta até o intimo da alma. Romântico, sensual, sensível e uma dose excelente de sentimento. Ameiiiiiiiiiiiiiiii
    Beijos carinhosos!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lucia, feliz com sua apreciação, só tenho a lhe agradecer, e suas palavras se constituem num valioso incentivo. Beijo terno, amiga.

    ResponderExcluir
  3. Quanta sutileza em teus líricos e amorosos versos.Um primor em tela!Vc é o mestre dos encantamentos poéticos.Apalusos de pé e chapéu na mão!

    Abração fraterno!

    ResponderExcluir
  4. Envaidecido por tão profundas e tocantes palavras elogiosas agradeço-lhe de coração, amiga. Cordial e fraterno abraço.

    ResponderExcluir
  5. Versar todo romântico, onde aproveito, para agradecer tua honrosa existência na vastidão do mundo poético! Ensinando e divulgando a mais nobre literatura! Beijos da Luiza

    ResponderExcluir
  6. As tuas palavras elogiosas são lenitivo para o meu coração e me impulsionam a continuar com minha ousadia no campo da poesia, adorável Luiza. Beijos com a mais profunda gratidão.

    ResponderExcluir